Manutenção constante, o segredo das marcas

Treine, como se fosse entrar na pista no próximo minuto.

Treinar é reconhecer seus pontos fracos, buscar melhorar um segundo por vez. Procurar a performance e o erro. Treinar é lutar pra ser melhor do que ontem. Se as marcas mantiverem uma constante observação em cada ponto de contato, conseguirão antecipar problemas, encontrar soluções e estar sempre prontos para substituir o concorrente na hora da escolha do cliente. Logo elas serão a número um.

Cuide, como se fosse uma planta sem folhas no final do outono.

As folhas caem das árvores no outono porque a planta passa a produzir menos clorofila, uma vez que a luz é mais rara nessa época. Isso é uma estratégia para economizar energia e sobreviver, utilizando todo o potencial para aquecer-se durante o inverno. O cuidado com a marca precisa ser constante por todos os pontos de contato, garantindo que toda a nutrição possa renovar suas folhas na primavera.

Lute, até não encontrar mais adversários a sua altura.

Perceber os pontos fortes e ultrapassá-los. Contornar os percalços e comemorar a vitória depois do esforço. Encontrar o seu ponto mais forte e investir nele pode garantir vitórias constantes. Cada obstáculo no caminho das marcas torna a luta mais acirrada e desafiadora, que gera resultados mais duradouros. Por isso, lutar é buscar a qualidade do adversário, por consequência, melhorar-se ainda mais.

Manutenção constante, cuidar de todos os detalhes e estar sempre atento. A melhoria das grandes marcas leva esse segredo, pois estão em eterna busca de evolução. Aparar as arestas e construir uma experiência positiva é um dos grandes momentos da verdade das marcas que atingem o topo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.